AliExpress abre marketplace para lojas de marcas nacionais – Tecnoblog

Empresas brasileiras poderão usar AliExpress para venda direta a consumidores; comerciantes nacionais estão no marketplace desde agosto de 2021
As melhores ofertas,
sem rabo preso
Famoso pelos produtos importados — principalmente da China — o AliExpress vai ficar com uma cara um pouco mais brasileira. A plataforma agora está aberta para empresas nacionais venderem seus produtos diretamente aos consumidores do país. Marcas como Pedigree, Whiskas e Mamypoko já estão disponíveis no marketplace.
A plataforma do AliExpress está aberta para vendedores brasileiros desde agosto de 2021. A novidade agora é para as marcas, que podem ter um canal direto com os consumidores.
“Na prática, esta solução elimina custos comuns no varejo, como o sobrepreço cobrado por revendedores, o que permite ao usuário final acessar os itens que deseja pelos menores preços”, diz o comunicado da empresa.
Até o momento, o AliExpress conta com as seguintes marcas:
Segundo Rodrigo Rezende, diretor comercial do marketplace, mais empresas devem entrar na plataforma nos próximos meses, nas áreas de moda, beleza, bebidas, itens para casa e brinquedos.
O executivo diz que a ideia é oferecer, em um mesmo lugar, itens únicos, encontrados somente por importação, e também produtos de marcas nacionais, que o consumidor conhece e confia.
O Brasil é, atualmente, o único país das Américas em que os vendedores podem oferecer produtos no AliExpress.
Desde essa abertura, os comerciantes contam com a logística da Cainiao para entregas no país e oferta de frete grátis. Tanto o AliExpress quanto a Cainiao são do grupo chinês Alibaba.
Outra novidade para os vendedores brasileiros é a Tarifa Simples Especial. Anunciada em agosto de 2022, ela unifica os valores de frete para todo o país. Assim, fica mais fácil para o comerciante calcular os custos de envio e oferecer promoções com frete grátis.
No lançamento, a Tarifa Simples Especial estava disponível apenas para vendedores da região metropolitana de São Paulo e em alguns municípios do estado. Envios para a Região Norte também não eram contemplados pela oferta.
Giovanni Santa Rosa
Repórter
Giovanni Santa Rosa é formado em jornalismo pela ECA-USP e cobre ciência e tecnologia desde 2012. Foi editor-assistente do Gizmodo Brasil e escreveu para o UOL Tilt e para o Jornal da USP. Cobriu o Snapdragon Tech Summit, em Maui (EUA), o Fórum Internacional de Software Livre, em Porto Alegre (RS), e a Campus Party, em São Paulo (SP). Atualmente, é autor no Tecnoblog.
© Mobilon Mídia 2005 – 2022.

source

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Compare preços de produtos
Logo
Activar o registo em ajustes - geral
Comparar itens
  • informatica (0)
  • saude (0)
Comparar